Mais informação, menos informado

Informação não significa rede social. É comum se deparar, cada vez com mais frequência, com pessoas passando informações sem preparo algum para o assunto, apenas mesmo contando com milhares de seguidores que absorvem tudo como verdade.

Não vou relatar aqui os inúmeros assuntos, mas para aqueles que dizem respeito à saúde deveria haver uma política mais severa por se tratar de vidas que, por muitas vezes, levam a tragédias.

Não acaba por aí, pois há todo tipo de assunto criando polêmica na internet, pessoas brigando por assuntos que não conhecem com outras que conhecem menos ainda. Que preguiça! É triste ver tanta informação descabida analisada por tantas pessoas que até ontem não sabiam nem o que estavam fazendo no mundo.

Todo excesso é perigoso, porém falar demais, e, principalmente, sobre o que não domina, também é perigoso. A vida real não está estampada nas telas do celular, está atrás dele, onde pessoas de verdade vivem com seu trabalho, suas contas a pagar, seus problemas, sem glamour algum; muito diferente de quem esbanja sabedoria, mas que na verdade deu certo na internet e passou a ganhar muito bem pra enganar.

Chegamos à conclusão de que ter nas palmas da mão tanta informação não serve para nada, apenas causa mais discórdia entre pessoas. A maldade passou a ser um divertimento sádico, que também causa tragédias. Mas quem é culpado? O desocupado e frustrado que vira gigante atrás do teclado ou a pessoa que, às vezes até por ingenuidade, quer mostrar um fato curioso, mas que aos olhos de um sádico vira uma ofensa?

A internet não chegou para virar terra de ninguém, chegou para ajudar, facilitar, aproximar as pessoas. O fato é que a vida se transformou num grande pega-pega, quem ganha, quem é melhor. Ninguém mais sabe para onde ir. Sabe-se tanto, mas também não se sabe nada ao mesmo tempo. Estão todos correndo em busca de alguma coisa, para não sei o quê, para mostrar para alguém o que não sabe.

Passar conhecimento sobre aquilo que estudou, aprendeu e pode ajudar, essa é a maneira certa de colaborar com o crescimento de outras pessoas, aí sim é uma informação de conteúdo. Agora, ir para uma telinha para atrair gente só pra crescer seu número, seu engajamento, não faça isso, não estará colaborando com nada, e de gente interesseira o mundo já tem demais.