Precisa-se de gênios

Se você precisa de emprego, prepare-se, pois estão em busca de pessoas extremamente capacitadas, não basta apenas ter formação superior, é necessário ser pós-graduado, ter cursos complementares, saber de otimização, hardware, no mínimo inglês fluente; se souber outra língua, melhor ainda; experiência e, por fim, indicação.

Espera, tem algo de muito errado aí. Num país onde se paga imposto pra tudo, não há o menor interesse em investir na educação. Aliás, esta sempre esteve em segundo plano, e quem quiser bom estudo tem que pagar, mas a grande massa não tem como pagar. Universidades caras, ter morado fora; isso para poucos. Como falta oportunidade diante de tantas exigências, quem pode ter experiência?

Estamos diante de uma controvérsia. As empresas precisam do profissional, mas exigem demais de pessoas que necessitam de um trabalho. Se não tem dinheiro, não tem como pagar um curso, faculdade ou qualquer coisa que seja. Portanto, precisa do trabalho para ter qualificação e evoluir.

De outro lado, porém, a pessoa estuda, investe, se qualifica e o que é oferecido não cobre nem metade do tanto que fez e se esforçou para se tornar um profissional respeitado. O que está errado?

O Brasil é o país do futuro há mais de quinhentos anos, até hoje esse futuro escapa pelas mãos, pela ganância de uns, interesses de outros. Quando nossos jovens terão oportunidade? Se não conseguem emprego, nunca terão a experiência desejada.

Para sermos um país de primeiro mundo precisamos dar valor ao que interessa, dar dignidade ao povo, educação de qualidade, saúde para todos, não pagar entre inúmeros planos que só desfalcam mais o salário. Um país onde o salário mínimo não paga nem pra morar, muito menos pra estudar e comer.

Primeiro mundo é, antes de mais nada, valorizar o povo da sua nação, dar qualidade de vida e segurança, em tudo o que uma pessoa necessita. O povo não precisa de promessas, palavras e sorrisos amarelos, o povo precisa de um lugar para morar, comida na mesa, escola para todos e saúde sem precisar de terceiros.

O governo não precisa olhar pro próprio umbigo e pensar no núcleo, precisa olhar pra fora e melhorar a qualidade de vida de todos. Um povo sem qualidade de vida não tem o que oferecer, não tem como olhar para o futuro.

Precisamos de trabalho, de respeito. Gênios, não temos nem no poder, que dirá nas cadeiras de empresas que não olham para os olhos de seus candidatos; principalmente em tempos de trabalho remoto, quando a seleção é apenas mais um currículo, no qual um robô responde para te dispensar antes mesmo de te conhecer.

Precisamos, sim, de pessoas geniais, mas para saber reconhecer que atrás daquele currículo existe uma pessoa necessitando daquela vaga, não para exibir, mas para sobreviver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s